Sem categoria

Presidência da IECLB Recebe Coordenação da PPL

No dia 02 de julho de 2019 a Presidência da IECLB recebeu, na Sede da Igreja em Porto Alegre, integrantes da Coordenação Nacional da Pastoral Popular Luterana. Na ocasião foram relatados os trabalhos realizados em todo o Brasil e falou-se dos projetos em andamento. Também foi explanado sobre o planejamento e sonhos da PPL como parte da IECLB.
A presidente Silvia Beatrice Genz, o Vice-Presidente Odair Airton Braun e o segundo Vice- Presidente Mauro de Souza expuseram sobre as expectativas da IECLB em relação à PPL. Anseiam que esta se empenhe pela formação de lideranças e que possa dar um vivo testemunho do Evangelho, fomentando o sacerdócio de todos os Crentes. Cf. 1 Pe 2.9
Por sua vez a Pastoral reafirmou que tem se pautado pelas quatro dimensões do PAMI : “evangelização, comunhão, liturgia e diaconia”, dentro do espírito da Missão da IECLB “de ser reconhecida como Igreja de comunidades atrativas, inclusivas e missionárias, que atuam em fidelidade ao Evangelho de Jesus Cristo, destacando-se pelo testemunho do amor de Deus, pelo serviço em favor da dignidade humana e pelo respeito à Criação”.
E contudo, a PPL está a serviço da promoção do Reino de Deus, dentro e fora do âmbito eclesial – a partir da IECLB. Ela busca cooperar com a Igreja para alcançar aqueles que estão sendo postos à margem pela sociedade, numa perspectiva de diaconia libertadora e transformadora. Renato Kuntzer ressaltou que “a PPL é pastoral popular porque ouve, acolhe e se solidariza com a diversidade de vozes que desejam uma sociedade democrática, que respeita os direitos humanos. Dialoga com parceiros de movimentos populares, movimentos sociais e com entidades ecumênicas a respeito de assuntos de ordem socioeconômica e religiosa. Não somos um movimento, como algo que se mova em direção paralela ou para fora da IECLB. Somos uma pastoral dentro e na IECLB. Dentro da diversidade, a confessionalidade luterana é a nossa identidade.” Por isso a PPL estabeleceu suas prioridades de atuação pastoral que são gênero, meio ambiente, minorias/excluídos e saúde, e com os eixos transversais: formação, comunicação, celebração e incidência.
Nesse encontro a PPL reafirmou que o seu compromisso com a Teologia da Libertação, a leitura popular da Bíblia e parceria com os movimentos sociais e com as pessoas fragilizadas e excluídas. A resistência diante de um sistema opressor das minorias precisa ser refletida e abordada na Igreja. Apoiar os movimentos populares significa vivenciar a práxis do Evangelho de edificar uma sociedade mais justa, fraterna e amorosa.
A PPL reconhece na IECLB uma Igreja que historicamente tem se importado com as causas populares. Uma Igreja que apoia o povo de Deus em suas causas, fragilidades e não se omite na urgente luta pelos direitos da população. E nesse aspecto, o encontro com a presidência ressaltou os valores cristãos e o comprometimento na busca por vida digna para todas as pessoas.

Encontro Presidência da IECLB com a Coordenação da PPL

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.