Noticias, Notícias gerais

Encontro da articulação da Pastoral Popular Luterana Capixaba

No dia 28 de outubro de 2016, em Colatina-ES se reuniram pessoas voluntárias para planejar “que PPL queremos”; “que PPL podemos. Estiveram presentes o pastor João Paulo Auler, catequista Karin Dieter, catequista Traudi Kraemer, pastor Wonibaldo Rutzen, aluna e aluno da ADL Daniela Bueke Knack, Alan Krüger Prudêncio, pedagogo Gilmar Hollunder, Nilza Francisca Ahnert Schreiber, Serviço Social, presidente da ACESA Cleidiomar Marquart. O encontro iniciou com a leitura das metas elaboradas no último Encontro Nacional e sua 20ª assembleia.

Os presentes puderam falar da PPL desde sua formação, quando foi o seu primeiro contato e em que ela contribuiu para mudanças em sua vida e no grupo social em que vive ou viveu. Foi expresso a preocupação de uma Igreja que saiba de fato colocar em prática ações que de possam incluir o outro e a outra já que foi dada ênfase no Concílio de Brusque-SC. ” Gilmar que faz parte da Coordenação Nacional comentou sobre o grupo “Semeando a Esperança” na ADL existe há três anos. Disse ainda que a atuação do grupo, além dos encontros internos, atua com práticas agroecológicas, horta medicinal e terapias complementares, combate permanente dos agrotóxicos, movimento ecumênico no município local, Educação do Campo. “Só se encontrar sem se comprometer cria estagnação do grupo. Precisa ser fermento na massa para abrir os olhos. Precisa ir além do rito, ir ao encontro da minorias e na defesa dos direitos da grande massa que são os trabalhadores no campo e na cidade”, afirma.

Saímos com duas datas previstas em 2017, uma para novo planejamento e outra para uma Encontro capixaba da PPL agregando as diversas grupos e ações existentes no Sínodo. Com isso, vemos o entusiasmo dos que participaram certos de que seremos” fermento na massa”.

Notícias gerais

“O Culto ao Deus vivo continua na Vida” Pedro Casaldáliga

 

Neste dia 12 de outubro foi um dia em que jovens da ADL representando a PPL teve praticar o ecumenismo para além das paredes dos templos e de seus altares. Um dia no calendário comprometido desde a celebração da Semana de Oração pela Unidade Cristã com a comunidade de São Luiz de Boa Sorte juntamente com a comunidade de Barra do Rio da Cobra. Momento de valorizar as comunidades camponesas e para celebrar sua fé neste cruzeiro de 970 metros de altitude onde está implantado o oráculo de Nossa Senhora Aparecida, intercessora pelos votos de fé, por nossos direitos que também são delegados através dos movimentos populares.

Notícias gerais

Visita Ecológica na Pedra Tubarão (1.033 metros de altitude)

O Núcleo Semeando a Esperança da ADL teve a oportunidade de visitar este refúgio ecológico na comunidade de Alto Lagoa. Na ocasião pode-se fazer o reconhecimento de plantas medicinais, vegetação diferenciada deste microclima e refúgio da águia chilena que dava sobrevoo por sobre nós como ritual de boas-vindas e para dizer que esta “terra tem dono” e que precisa de nossos cuidados para com a criação para que possa continuar prosperando em vida sendo espaço pedagógico e de observação sem agredir.

 

Movimentos Sociais, Noticias, Notícias gerais

1ª ROMARIA DOS MÁRTIRES DA CAMINHADA NA ADL “PROFETAS DO REINO”

“Presente na Caminhada!”, esta foi a frase que embalou um grupo de pessoas na noite de 23 de setembro de 2016 em Serra Pelada. A Romaria teve seu início no pátio da ADL onde um grupo de alunas representando os povos indígenas, afrodescendentes, pomerana camponesa e povos das águas. Trouxeram de dentro da capela uma cruz carregada nos ombros. A fogueira por elas acesa, aqueceu nossos ânimos para lembrar da luta e morte daqueles e daquelas que doaram suas vidas pelas causas populares. Irmã diaconisa Doraci, Pastor Dietrich Bonhoeffer são pessoas que deram exemplo máximo de luta, bem como o biólogo Paulo Vinhas, Pe Gabriel perderam suas vidas em solo capixaba, Chico Mendes e Ir. Doroth pelos povos da floresta dentre outros. A caminha teve um percurso de 1 km aproximadamente em direção ao interior, às 22:30. Estiveram presentes o Pe Marcio Ghil, dois estudantes da EST João e Henrique, Diones pelo movimento ecumênico e os demais os jovens alunos e educadores sociais da ADL militantes da PPL.

Igreja, Movimentos Sociais, Noticias, Notícias gerais

PPL na Romaria dos Mártires da Caminhada em Ribeirão Cascalheira-MT

“Presente na caminhada!”

Este foi o grito por justiça, principalmente aos povos originários como os indígenas, quilombolas e camponeses pobres declamado por todos os 4 mil romeiros e romeiras advindo de todas as partes do Brasil, da América Latina, da Europa, África e Japão. A Romaria foi na pequena cidade de Ribeirão Cascalheira, na Prelazia de São Fêliz do Araguaia, cidade onde o indigenista Pe João Bosco Burnier perdeu a sua vida na presença de D. Pedro Casaldáliga ao interpelar contra a polícia que torturava mulheres na cadeia próxima aos festejos da comunidade em 11 de outubro de 1976. Na ocasião, aproveitei para ter uma conversão com o atual bispo, D. Adriano para possibilidade de jovens da ADL estarem realizando inserção voluntária junto aos ribeirinhos, indígenas, quilombolas e assentados da prelazia.

Movimentos Sociais, Noticias, Notícias gerais

Carta para Amig@s e Simpatizantes da PPL

Palmitos, 21 de julho de 2016

Prezados filiados (as)

Prezados (as) amigos e amigas da PPL

Somos Igreja que caminha, fermento na massa.

Como simpatizantes da Pastoral Popular Luterana (PPL) queremos deixar sinais visíveis do Reino de Deus. A PPL sempre foi e quer continuar sendo aquele elo que nos liga e incentiva promover dignidade entre os povos. Valorizar o excluído, o pequeno e a igualdade social.

Como não temos mais um projeto que nos mantenha, e com a extinção da secretaria executiva, estamos buscando recursos financeiros para viabilizar os trabalhos administrativos e criar em nós a cultura da doação espontânea que possibilitem também nossas ações de formação e de apoio aos movimentos sociais e populares. No momento a realização de qualquer atividade depende exclusivamente de projetos enviados à IECLB.  Assim, estamos contando com o apoio de filiados e filiadas, amigos amigas, simpatizantes, para colaborar financeiramente com a caminhada da PPL.  A contribuição é voluntaria. Mensal ou anual. Que a sua contribuição possa ser livre e espontânea, conforme suas condições e que seja dada de coração.

Ires Helfensteler

Tesoureira

 

 

 

Segue a conta:

Agencia 1080

Op  013

Conta poupança 43422-2

Caixa Econômica Federal

Palmitos /SC

Obs. Só podemos fornecer recibo na medida em que soubermos quem depositou. Para isso será necessário que a pessoa que fez o depósito nos enviar o recibo.

tes@localhost ou iresejair@hotmail.com, ou pelo fone (45) 3264-6408.

Noticias, Notícias gerais

Pra começo de conversa

Louraini Christmann

(Pastora Lola)

Foi nos fins dos anos 70
Inícios dos anos 80
Que a gente se perguntava
O que mesmo era aquilo?
No que mesmo daria aquilo?

E aquilo nos desafiava!

Era a reforma agrária
Que não saía
Era o salário mínimo
Que diminuía
Era a vida
Sendo vendida
Para o capital estrangeiro

E o povo brasileiro
Sofrido
Reprimido
Diminuído
Excluído
… ido!

E a gente se perguntava
O que mesmo era aquilo?
No que mesmo daria aquilo?

E aquilo nos desafiava!

Algo tinha que ser feito
Mas de que jeito?

Direito?
Esquerdo?
… direita!?
… esquerda!?

Esquerda!

Cruas
Da faculdade
Crus!

Nuas de experiência!
Nus!

Vivência em comunidade!
Visão de sociedade?
Nada!

E o chamado da sociedade veio
Quando a gente veio
Para a comunidade.

E a gente se perguntava
O que mesmo era aquilo?
No que mesmo daria aquilo?

E aquilo nos desafiava!

A América Latina
Chorava seus mortos
Suas mortas

Duras
Ditaduras
Duras!!!

A Teologia da Libertação
No nosso ouvido
Nos sentidos
E no coração

Ação?
Ação!

MST
CPT
CRAB
PT

A gente se envolveu
A IECLB respondeu
Com os seus temas
Que davam a direção
A missão

Mas a repressão bateu

A gente sofria
Na mão da burguesia
(como a gente dizia)
Dentro da sacristia

“Não pode falar nisso”!
“Não pode falar naquilo”!

E aquilo nos desafiava!

A gente via
Que tinha o que falar
A gente sabia
Que tinha que falar

O Evangelho desafiava…
Indicava o caminho…
Mas a gente sozinha…

“Preciso falar nisso”!
“Isso queima aqui dentro”!

Mas não tinha quando
Não tinha onde

Foi quando
A PPL foi se gerando…
Foi se gestando…
Foi se parindo…
Foi se nascendo…
E foi sendo o lugar
Onde a gente podia falar
Do que queimava “aqui dentro”

E gente se fortalecia
Se unia
E ia adiante…

“Somos PPL”, a gente dizia
No nosso dia a dia
E quando a gente podia
Celebrar do nosso jeito
Semear
Sementes de esperança

E muito semeamos
E muito celebramos
E muito erramos também

Faz bem
Estarmos hoje aqui
Para que
Celebrando
Estudando
Conversando
Resgatando a nossa memória
Possamos continuar
Fazendo a nossa história

Semeando!

Noticias, Notícias gerais

Encontro Nacional de Lideranças, Ministros e Ministras da PPL

A PPL estará promovendo o Encontro Nacional de Lideranças e Ministros e Ministras nos dias 03 e 04 de junho de 2016, tendo por local as dependências do CEFAPP em Palmitos/SC (Rua Humaitá, 1030 – Bairro Bortolanza (Morro das Antenas).

Conforme o Estatuto da PPL, Capítulo VI, Art. 15: O Encontro Nacional da PPL é a reunião de pessoas associadas, simpatizantes e representantes de grupos de trabalho da PPL, do movimento social e comunitário, visando a celebração, a troca de experiências, a reflexão pastoral, a avaliação da caminhada e a indicação das prioridades de ação da PPL.

O objetivo do Encontro é reunir ministros e ministras, lideranças comunitárias e de movimentos sociais, teólogos/as, estudantes e pessoas identificadas com as causas e agenda dos movimentos sociais  para um momento de formação. Como Pastoral Popular Luterana desejamos buscar pessoas da IECLB e do movimento ecumênico, que estão atuando em movimentos populares e sociais a fim de construirmos uma rede de apoio com as comunidades para sua atuação profética e estabelecer parceria com os movimentos populares e sociais historicamente engajados na construção de uma nova sociedade justa e cidadã. Para isto a coordenação também está convidando entidades parceiras (pastorais ecumênicas, movimentos sociais e populares), a fim de que dialoguem com a PPL, auxiliando-a  no jeito de ser.

Pretendemos celebrar, pensar e construir em conjunto o tema:

“Viver, celebrar e atuar: cores, cheiros e sabores da PPL.”

Para isto contaremos com a assessoria do teólogo e Doutor em Ciências da Religião, Sandro Gallazzi. Trabalha desde 1983 na Comissão Pastoral da Terra, contribuindo para a organização dos movimentos populares, lutando pelos direitos dos pobres, para o fortalecimento da cidadania e pela preservação ambiental. É assessor do CEBI e membro atuante do movimento bíblico no Brasil e em vários países da América Latina.

O encontro terá início às 18:00h do dia 03 de junho (sexta-feira ) com acolhida, celebração inicial e  jantar. O  término acontecerá no dia 04, (sábado) às 22:00h. Lembramos que no domingo, dia 05, acontecerá a Assembleia da PPL. Mas desde agora estão abertas as inscrições para o encontro nacional e devem ser comunicadas para o Coordenador Nacional de PPL (P. Renato Küntzer, email renato.kuntzer@luanett.com.br) e para a tesoureira (P. Ires Helfensteler, email iresejair@hotmail.com). Solicitamos que as inscrições ocorram até o dia 15 de maio de 2016.

A PPL assume  as despesas de alojamento e alimentação no CEFAPP. Animamos vocês a se organizarem em caravanas, oferecendo carona, para baratear o custo das viagens que, em princípio, deverão ser assumidas individualmente e/ou pelo campo de trabalho. Para participantes dos Sínodos Mato Grosso, Amazônia, Brasil Central, Espírito Santo a Belém, Rio Paraná, Sul Rio-Grandense e  Sudeste haverá a possibilidade de uma ajuda parcial para as despesas de viagem.

Esperamos ansiosamente e cheios de esperança pela presença de vocês.

P. Renato Küntzer – Coordenação Nacional da PPL