Sem categoria

Carta Mensagem da Coordenação Nacional da Pastoral Popular Luterana (2019-2021)

“Eu quero caminhar com os pés firmes neste chão, enquanto falta tanto pão não posso me acovardar”.

A Bíblia nos dá muitos exemplos de como a história de Deus com o seu povo aconteceu a caminho, em caminhada. Mas nem toda caminhada é triunfal. Algumas caminhadas são carregadas de desânimo. Uma delas foi a história dos discípulos de Emaús que saíram de Jerusalém logo após os eventos da sexta-feira da Paixão de Jesus. Caminhavam, mas não rumo a um futuro. Caminhavam como quem se recolhe de sua derrota. De repente alguém se junta à caminhada. Pergunta, ouve, interage, desafia. Foi a caminho que o ânimo ressurgiu.

Deus nos chama a caminhar, na verdade, a nossa vida é uma constante caminhada. Nós não podemos parar, temos que prosseguir, continuar. Mas muitas vezes nos sentimos cansados e cansadas. Os pés, muitas vezes, doem.

Não podemos nos iludir que a caminhada só acontece quando o ânimo ressurge. Mas é enquanto se caminha, caminhando que o ânimo ressurge. Durante o caminho, encontramos muitas pessoas: animadas e desanimadas. Deus nos desafia a nos encorajarmos, fortalecermos mutuamente, dar a mão para quem já desanimou e caminhar juntos, juntas, de mãos dadas, sem soltar.

Além de nós, outras pessoas também estão caminhando, se colocando a caminho. Precisamos encontrar essas pessoas. É preciso reencontrar-se com o povo, reencontrar-se com a base, reencontrar-se com os movimentos sociais e ecumênicos. Esse é o grande desafio de nossos dias.

Caminhar é resistir. A resistência é caminhada. E queremos atender esse chamado. Somos RESISTÊNCIA. Se você também é resistência, saiba que não está só. E nós também não estamos sós por causa de você. Vamos caminhar juntos e juntas.

A Coordenação Nacional da Pastoral Popular Luterana deseja um 2019 de esperança, sonhos e resistência.

Palmitos, 20 de novembro de 2018.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.